Páginas

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Barril de Chopp



Tipo, ontem eu tomei dois goles de Coca Zero. Uma moça eu tô, que belezinha.

E quase 1,5 lt de cerveja. Mas que beleza de dietinha, não?

Mas de resto foi tudo até muito bem. Só não estou fazendo nenhuma atividade física.


quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

70kg muito bem vividos.

Eu não morri. Quer dizer... Bem, incrível pensar que esse blog esteve parado por tanto tempo e eu ainda estou nesse chove não molha de perder peso.
Poderia dar um resumo enorme da minha vida nesse tempo que passei longe, mas a ideia não é essa. É dizer que eu estou com 70kg e quero perder 6kg.

Ainda estou pesquisando em qual dieta vou entrar, assim que eu estabelecer uma eu venho aqui explicar direitinho. Aviso apenas que não bebo mais refrigerante, nem cerveja. E olhe que nesse calor, nessas praias, a pessoa num beber uma cervejinha é triste, viu?


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Eu não morri, só engordei.

Esses dias andei sofrendo. Esses dias andei doente. Esses dias andei comendo pra caramba.

Esse é o resumão dos últimos dias. Muita comida, muita preguiça. Mas nem tudo está perdido. Para quem andava comendo com um gafanhoto, até que o estrago não foi tão tenso. Eu estava com serelepes 69 quilos. Estou com 69 quilos e 800 gramas. Isso é bom né? Podia ter voltado aos 73 do começo.

Bela buesta. Mas, bora jogá jogo do contente? Pelo menos eu tô tentando, continuo nesse caminho agriamargo.

Como passei muito tempo sem controle, tenho que voltar ao princípio. Semana sem refri, semana sem doce, semana de água. Essa semana que começa para mim na quarta, será sem chocolate (aquele doce vilão), sem refri (aquele amante latino) e com muita água (aquela coisa que todo mundo já conhece ¬¬).

Água nem tem sido um grande problema desde sábado. Tive infecção urinária e parte do tratamento é tomar litros e litros de água por dia. Então relação a isso eu tô até tranquila. Mas olha, da mesma forma q o consumo de água aumentou, o de chocolate tb. E refrigerante tb. E fritura tb. E massas gordas tb. E montes de besteiras. E olha como eu vô ficá se continuar assim:



TODASCHORA!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

De pouquinho em pouquinho vou organizando minha vidinha de merdinha

Super preciso parar e organizar a minha vidinha.

Olha, de organização eu num sô nem um pouco boa. Mas antes de emagrecer, antes de ficar linda e concorrer no próximo Miss Brasil, eu tenho que me organizar.

E olha, é organização básica mesmo, é ter um dia para lavar as roupinhas, e não esperar não ter mais nada limpo para usar. É esquematizar lavagem de louça e não esperar juntar tudo em cima da pia. Coisas assim, que logo no começo do casamento eu e meu esposinho até tínhamos, mas agora degringolou de vez.

Antes eu até tinha uma pequena poupancinha de emergência, que já livrou muitas situações lá na minha casinha. Mas de uns tempos para cá as graninhas num esquenta banco lá em casa.

Como eu ainda não tenho um dia inteiro para arrumar as coisinhas na minha casa resolvi que vou arrumando ‘de pouquinho’. Hoje eu estava super a fim de arrumar a sala, aparentemente e parte mais fácil de arrumar da casa. Um cômodo de cada vez e ver o que consigo até o final da semana.

Voltando ao assunto principal desse bloguinho meia boquinha: ainda estou com 69 quilinhos, 2 beijinhos.

Vou tentar fazer alguma coisa em relação a esses quilos. Mas olha, tem que ser ‘de pouquinho’ também, que minha vida já ta bagunçada o suficiente.

(Para quem não entendeu os diminutivos em profusão, isso é uma crítica. Existem pessoinhas que falam como se todo mundo fosse retardadinho e colocam todas as palavrinhas em diminutivuzinhos. Chatinho, né?)

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Neurônios se canibalizam durante dieta

Dá uma olhada nessa matéria que saiu no G1:


Estudo diz que dietas fazem células do cérebro se canibalizarem


Pesquisa publicada na revista 'Cell Metabolism' poderia explicar por que é tão difícil manter resultados de dietas de emagrecimento.

Um estudo publicado na revista científica Cell Metabolism pode ajudar a explicar por que é tão difícil seguir uma dieta de emagrecimento.

Segundo a pesquisa, quando se passa fome, os neurônios responsáveis por regular o apetite passam a comer partes deles mesmos.

Os cientistas acreditam que isso aconteceria porque após um período de jejum e o uso emergencial de reservas de gordura, o corpo receberia um sinal de que há uma falta de comida e faria com que as células se alimentassem delas mesmas.

Os experimentos realizados com camundongos em laboratório revelaram que o ato de 'autocanibalismo' destas células gera a liberação de ácidos graxos, que por sua vez resulta em níveis mais altos de uma substância química no cérebro (a proteína agouti, AgRP) que estimula o apetite.

Um dos responsáveis pelo estudo, o pesquisador Rajat Singh, do Albert Einstein College of Medicine, em Nova York, acredita que remédios que interfiram neste processo de autofagia das células do cérebro poderiam ajudar a tratar a obesidade, fazendo com que as pessoas sintam 'menos fome e queimem mais gordura'.

Segundo ele, quando a autofagia foi bloqueada nos neurônios dos camundongos, os níveis de AgRP não se elevaram em resposta à fome e os níveis de outro hormônio, o hormônio estimulante dos melanócitos, permaneceram altos. Esta alteração na química do corpo levou os camundongos a ficarem mais magros, já que eles comiam menos após um período de jejum e gastavam mais energia.

Por outro lado, Singh explicou que níveis cronicamente altos de ácidos graxos na corrente sanguínea, como acontece em pessoas com dietas ricas em gordura, podem alterar o metabolismo dos lipídios, 'criando um circulo vicioso de superalimentação e equilíbrio de energia alterado.'

O estudo também pode ajudar a explicar por que o apetite tende a diminuir com a idade, já que as células de um corpo mais idoso não conseguiriam realizar a autofagia tão bem.

_________________________________________________________


Sempre soube que algo de horrível acontecia com a nossa cabeça durante uma dieta. Por isso que eu sempre fico de péssimo humor. ¬¬

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Tão bandida, eu!

Fiz dieta maluca? Claro que não! Ai, que bandida! – NOT

Acabou que essa última semana foi de uma correria monstra. Fiz nada de proveito.

Quando estava indo para meu almoço hj, fui me pesar para acompanhar o estrago. Tipo programa da Sônia Abrão mesmo, adoro acompanhar uma desgraça bem de pertinho. Qual não foi o meu susto quando a balança registrou 69 quilos. 69? Oxente, eu num tava com 72? Cadê os três quilos que estavam aqui?

Desci da balança, subi de novo e tava lá 69 kg. Fiquei olhando, olhando, olhando... Desci da balança, mas continuei olhando para ela. Tava esperando ela se desmontar, sair um anão de dentro e dizer ‘Pegadinha do malandro, vc está com 75 quilos já! Glu glu, iê, iê!’.

Enquanto eu mastigava meu almoço (nada light por sinal) fiquei matutando. Realmente, não fiz nada para ter essa perda de peso. Então, Mister M, como vc conseguiu fazer essa mágica?
Sinceramente ainda não sei o que aconteceu. Mas NE? Quem sô eu prá reclamar? :D
Vou tentar salvar o restinho da minha segunda feira da gordice e já que eu (aparentemente) voltei para a casa dos 60kg, tentar chegar o mais perto possível dos 65kg.

#oremos

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Situações desesperadas pedem medidas desesperadas

Recaída drástica. Todo meu esforço para fechar a boca foi por terra. O motivo: mudei de emprego. Essa mudança me fez perder a linha, acabei recuperando os três quilos que havia perdido. Mentira, sou uma comilona incontrolável, eis a verdade! Bosta. Merda. Olha, se eu fosse falar todos os palavrões que eu estou pensando seria denunciada por tanta pornografia que escreveria aqui.

Enfim.

Vamos correr atrás do prejuízo, que afinal, é grande.

Eu tava toda trabalhada na Amarinha Paz & Amor, mas agora é guerra! Sabe aqueles regimes bem malucos, que prometem 2kg por dia, que tem base num suco feito de pimenta? Essas coisas bem malucas, que eu nunca entendi a lógica, tipo a dieta da USP. Nunca entendi aquela parte que diz ‘à vontade’. Regime num tem que ter nada ‘à vontade’, tem que ser tudo ‘restrito’. Incompreensões à parte, estou partindo para um plano mirabolante de guerra para perder 4 quilos em uma semana.

Loucura? É sim. Vai dar certo? Acho que não. Mas vou tentar mesmo assim.

Esses dias foram totalmente inúteis. Comi chocolate, refrigerante, fritura, não caminhei, nem sequer dormi direito. Essa coisas me fizeram sentir que eu não estava mais ‘sequinha’, que eu tinha voltado ao que era antes de começar o blog. Subi na balança e lá estava 72 quilos. Bela buesta.

Dentre tantas alternativas psicóticas e até suicidas, resolvi aproveitar que dia desses me deu a louca de sair comprando sopinhas de saquinho. Tão tudo dentro da despensa, apodrecendo e eu sem tomar. Vou tomar uma como janta. Aqui no novo ‘selviço’ não tem como ter uma água quente para que eu possa tomar como almoço também.

Gente, me mandem energias positivas, coloquem meu nome em cículo de oração, acendam uma velinha, que olha, eu tô precisando de uma forcinha.