Páginas

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Fobia de Academia

Dieta/regime/RA/simpatia são coisas que não funcionam só. Infelizmente. Para mim já são sacrifício o suficiente.

Resolvi que não adianta nada ficar de boca fechada e ver minhas pelanquinhas amadas despencando morro abaixo, terei que trabalhar para as gorduras irem embora e para as pelancas ficarem durinhas!

Eu vou à academia. (todaschora)

Gente, academia é um lugar muito tenso. Tem vários tipos de academia, academia chic, que cobra o mesmo que o colégio das 'quiança'. A academia de bairro, que cabe no seu orçamento, mas vc tem que apresentar atestado vacina de tétano em dia, pq eles já vão dizendo que não vão se responsabilizar.

Mesmo que eu vá ao postinho e me vacine e vá tentar a sorte na academia perebenta, vou ter um gasto enorme. Fui olhar meu tênis, ele se desmanchou. Não me culpem, ele sobreviveu a dois cachorros na fase do mordemorde, quase 5 anos de sedentarismo e ficar esquecido no fundo da minha sapateira. Para vcs terem uma idéia, eu não tenho MEIAS para usar com ele! Mais uma coisa: Não tenho mais roupas de ginástica. Na verdade até tenho, mas ELAS NÃO CABEM EM MIM! Sabe o papinho que eu levei com vcs sobre eu ter engordado dez quilinhos e dez quilos ser igual a uma criança de três anos amarrada no meu corpo. Bem, agora eu sei, que o meu antigo corpo e uma criança não cabem dentro de roupas de ginástica.

Fora o gasto tem o trauma que eu tenho de academia perebenta. Ai, gente, aqueles aparelho enferrujados, aquelas paredes úmidas, aquele cheiro de suor entranhado por toda parte, aqueles meninos horrorosos movidos a ADE! Cruzes, é a mesma coisa de uma masmorra, com direitos a carcereiros deformados e tudo!

Marmorra dumal = academia (buá)

Ai, gente, pega na minha mão, que eu aguento tudo, TU-DO! Menos ir para a academia! Cadêminhamãe?

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Plano Emergêncial para Perda de Peso (ou dieta)

Segunda da emoção, segunda da alegria, segunda dia sagrado para início de dieta! Már que delicinha! NOT!

Enfim, passei semana passada 'me controlando', mas agora que eu descobri que eu mando na minha boca (e não ela em mim) e resolvi que é hora de radicalizar!

Sei que nada na vida é de graça, e se tem alguém que adora ganhar coisas, fazer listinhas e cumprir metas, essa sou eu! Essa semana terá desafio! TCHARAN!

Desde ontem me propus um desafio! Bem o desafio tem como base duas listinhas. Uma listinha é o que eu vou fazer durante a semana:
  • Beber 1,5l de água por dia
  • Massagem redutora todos os dias
  • Uma xícara de chá verde por dia
  • Seguir a dietinha (que eu estou chamando de 'dieta da jovem dona de casa super ocupada) todos os dias
Essa são as metas da semana. Seguindo tudo certinho eu pretendo emagrecer nem que seja um mízero quilinho de nadica! Mas para me inspirar e tendo o blog como 'testemunha' eu fiz uma tabelinha das coisas que eu posso ganhar dependendo dos resultados que eu conseguir.

  • -1kg: Dia de beleza em casa, tudo 'por eu mesma', mas é um momento só meu que eu num tenho a um bom tempo.
  • -2kg: Beleza em casa + 2 esmaltes (adoro esmaltes, mas depois que vi que estava comprando mais de 3 por semana dei uma parada)
  • -3kg: Beleza em casa + 2 esmaltes + perfuminho body splash (mesmo caso do esmalte se aplica ao perfume, mas agora eu já estou recuperada)
  • -4kg: Beleza em casa + 2 esmaltes + sandália (agora que eu tô trabalhando, eu posso!#rycah)
  • Prêmio Super Plus -7kg(milagres acontecem): Unhas no salão + perfume + sandália + 2 esmaltes
Me pesei ontem e marcava exatos 71kg! SIM! Eu perdi um quilo com a retirada de refri e doces da semana passada. Daqui até domingo (03/07) estarei com essas metas e compromissos.
Até aqui tá tudo lindo. Monte de coisa boa dependendo de quanto eu perca. Mas e se eu ganhar peso? Posso jacar com tudo durante a semana e acabar engordando! Nesse caso não tem prêmio, tem penalidade: não vou usar perfume por uma semana. Isso seria muito doloroso para mim. Uso perfume até para dormir, deixar de usar qualquer coisa seria como parar de usar calcinha para algumas pessoas (menos a Britney, a Paris e outras que tais).

Também tirei minhas medidas com a fita, são elas:

Cintura: 78cm
Barriga: 95cm
Quadril: 104cm
Coxa: 62cm
Braço: 28cm

Aguardem mais notícias dessa louca empreitada!


Me massageia que eu gosto (ou não)

Gordura é uma coisa muito macabra. Ela por si só é cruel com qualquer mulher, mas ela não se dá por satisfeita, ela tem amiguinhas igualmente torturadoras. Acho que a pior cúmplice da gordura é a celulite, pois mesmo que a gordura vá embora, a celulite permanece, terminando o serviço, acabando com o desenho do seu bumbum, coisa de profissional.

Agora que eu sou a Solange Frazão da Zona Sul resolvi me cercar de todas as formas (grátis) de embelezamento. A idéia (grátis) é a auto massagem. Recorri a minha aliada e inimiga Internet e peguei alguns vídeos que expliquem a automassagem.

Encontrei alguns que resolvi compartilhar com vocês. Esse primeiro é automassagem na barriga.
O que me dói é que a barriga da terapeuta não é barriga, é abdome. Barriga temos eu e vc, pessoas comuns, mas olha para o ABDOME dessa mulher! Queria ver ela lutando com as minhas banhas! Num ia ser mole! (trocadilho?) Pegando nas gordurinhas cás duas mãos, fazendo elas saltitarem!


Esse outro vídeo é sobre a massagem para os glúteos (acho a palavra glúteos a coisa mais engraçada do mundo, fica repetindo 'glúteos, glúteos, glúteos, super engraçado. Besta eu. )

Note que ela tem glúteos (glúteos, glúteos, glúteos, haha!), e não bunda. Eu tenho uma bunda, uma bunda com celulite por sinal! Se eu fosse uma funkeira, eu seria a mulher laranja!

Esta semana tentarei fazer religiosamente as massagens. Uso sempre um óleo de amêndoa bem gostoso, mas estava querendo um daqueles cremes que ativam a circulação, esquentam, esfriam, fazem um monte de coisa e turbinam a queima de gordurinhas.

Continuo firma no bebebebe de água, parei com o refri e com o chocolate de vez. Pera... Chocolate do capuccino conta? Pq se contar, tô lascada! Continuo bebendo capuccino como se não houvesse amanhã. D:

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Corpete não é blusinha

Eu descobri que sou uma pessoa chata. Por mais que eu queria ser ‘Paz & Amor’ eu descubro que não sou. O negócio é o seguinte, sempre quero aquele tipo de pessoa legal, que entende que as pessoas são sempre mais do que aparentam, que não se apega a rótulos, nem preconceitos bobos. Mas olha, tem certas coisas e certos dias que me deixam fula da vida.

O que me deixa fula é o ‘gosto’ que algumas mulheres tem ao se vestir. Pode até parecer fútil, mas é sério, me irrita. Esse mau gosto não se estende só as mulheres de classe econômica baixa, tenho como exemplo minha mãe, que mesmo num tendo muito dinheiro sempre soube se vestir bem. Algumas ‘damas refinadas’ também se saem com cada uma que olha, me constrange, momento vergonha alheia geral.

O que eu quero dizer rápida e diretamente é: corpete de lingerie não é blusinha.

Alguém pode até se levantar e dizer que é chic ter roupas que lembrem lingerie, que grifes famosas criaram peças baseadas em corpetes e espartilhos. Eu concordo! Existem linda peças INSPIRADAS em lingerie, mas que não as são.

Quer diferença prática?
Essas são peças baseadas em corpetes/corsets





Essas são ligeries:

Por mais linda, e perfeita, e maravilhosa, e estupenda que sua lingerie seja, ela deve ficar por baixo da sua roupa. Você não deve sair de casa como se estivesse vestida para uma noite especial com o namorado/marido/cliente. Desculpe pela parte do cliente, mas é o que vão pensar de você. É o que eu pensaria se não conhecesse a pessoa que está usando um corpetinho com um shortinho e uma sandalhinha com brilhinho e salto 15. Você pode ser mãe honesta de família, esposa fiel, pode ser até virgem, mas sempre vai parecer que está a procura do próximo michê.

E por favor, ninguém em venha me falar da Marcha das Vadias! Acho um absurdo um cara pegar uma garota a força, por qualquer que seja o motivo. Mesmo se ela estiver pelada, ele não poderá fazer nada se ela não quiser, ‘meu corpo, minhas regras’. Concordo INTEIRAMENTE com isso. Mas da mesma forma que o pensamento daquelas que usam microsaia e salto acrílico é livre, o pensamento de todo o resto da sociedade é. É crime a partir do momento que o pensamento deixa de ser ‘nada’ e passa a ser discriminação, abuso, assédio, estupro.

Meu direito de pensar que a mulher que se veste com um sutiã e saia de lycra se-se-se-se-se-sem calcinha é uma moça que quer se chamar atenção sexual sobre si é livre também. Se vestir é um código, todo mundo sabe decifrar esse código, se a mensagem que você está passando não corresponde à realidade, bem, esse é um problema que só cabe a você resolver.

Uma coisa é ser sexy:



Outra é ser vulgar:




E tenho dito.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dia perdido, dia corrido, dia de cólica FDP


Ontem foi um dia meio que perdido, tive a mãe de todas as cólicas. Passei parte do dia na cama, abraçada com uma compressa de água quente. Quando eu não estava dormindo feito um coelhinho, estava comendo biscoito com geléia, sopa de saquinho, pão, ou seja, engordando como um peruzinho antes do natal.

Quando amanheci hoje (sim, dormi quase todo o dia de ontem) além de perceber que tudo que eu teria que resolver ontem, eu tenho que resolver hoje, percebi que desinchei. Estou menos parecida com uma salsicha e um pouco melhor. Como passei o dia comendo e dormindo, estou com menos olheiras, tanto é, que quem soube que ontem eu estava offline, não acreditou muito quando me viu hoje magra e serelepe. Ah, dane-se.

O que importa é que mesmo que eu queira me enganar e ache que emagreci uns dois quilos, não é essa a verdade. Prevendo o desastre que será eu subir numa balança, eu simplesmente não subo. Na verdade eu tenho um TOC com balanças. Não posso ver uma farmácia, que eu entro ‘farejando’ a balança. A melhor parte é subir na balança e ver que ela está descalibrada para menos. Se vc está com 70 quilos, ela diz que vc está com 68, isso é esplêndido. Porém, se a balança diz que vc está mesmo com os 70 quilos, vc vira para o farmacêutico e/ou balconista e diz ‘essa balança ta descalibrada, eu não peso tudo isso’, e sai balançando os cabelos, como que indignada com aquela balança mentirosa.

Já pensei em comprar uma balança para mim, na verdade eu já teria comprado se não fosse meu marido. Como ele sabe dessa minha atração fatal pelas balanças, ele diz que se eu comprar uma balança, não saio mais de cima dela, testando as poses nas quais eu ficaria mais magra. Talvez ele tenha até uma certa razão.

Como eu estou fazendo coisas por mim, coisas boas, que melhorem meu peso e minha vida no geral (meu peso ainda é prioridade), vou tentar me livrar desse vício do mal.

Já parei com o refrigerante e com o chocolate por dois dias (mais 24h), estou feliz, mas não parei com o salgadinho. Vou parar também com o sobesobe em balanças. Isso vai fazer bem para a minha cabeça. Uma coisa de cada vez, não estou com muita pressa, tenho que recuperar o meu autocontrole se quiser chegar em algum lugar, né?

Por hoje é só. Correcorre, que parece que o mundo já está funcionando como se fosse feriado.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Começando os trabalhos

Vamos trabalhar? Ontem foi segunda feira, dia mundial da ressaca, da chateação e da dieta! Eu acho, pessoalmente, que essas três coisas tem tudo a ver, ressaca, tem a ver com dieta, porquê você tá tentando se recuperar de uma grande merda que você fez. E tanto ressaca, quanto dieta/regime/RA são coisas super chatas, porém é um castigo, serve de lição para que vc nunca se esqueça que comer demais faz mal ao corpo e beber demais faz mal a moral.

Enfim, preciso perder 10 quilos! Tenho que trabalhar para que isso aconteça, ficar esperando meu metabolismo zumbi acordar e trabalhar direito é a mesma coisa que esperar que o meu plano odontológico marque qualquer consulta para ainda esse mês. Como eu já falei antes, nunca fui uma sílfide, mas agora o meu drama se intensificou. Eu tinha leves e saltitantes 62kg, até que casei, saí do emprego e me metaforseei em uma criatura de barriga, culote e papinho! (Eu tenho papo, corre gente!)

Antes de mais nada, vou dizer pq eu preciso perder esse peso. Pq eu não me acho mais bonita. Ponto. Sempre ouço dizer que precisa perder peso para recuperar a saúde (nunca tive muita saúde mesmo, então nem ligo), pq precisa sair da depressão, para reconqusitar o marido/namorado/homemqualquer. Eu simplesmente e tão somente, não me acho mais bonita. Antes que venham me falar q isso é uma motivo supérfluo, q eu deveria estar me preocupando com causas maiores, que eu sou egoísta e sáscoisas, o fato de eu não me sentir bonita interfere em muito na minha vida. Não estar mais bonita (não sou tipo de modelo internacional, mas meu conceito de beleza não é comercial) interfere no simples fato de eu não estar me amando mais. Não se amar é coisa séria. Se vc não ama mais se marido/namorado/qualquécoisa, vc se separa dele. Se vc não se ama mais, como faz? Fica para sempre presa aquela pessoa que vc não ama, que é vc mesma, querendo se livrar daquele peso morto que é vc mesma, e querendo ter/ser outra pessoa? Isso é complexo, deve ser mais ou menos isso que alguém possuido por um fantasma deve sentir, sensação horrorosa! Enfim, antes que eu ache que eu sou um encosto em mim mesma e tenha que ir para a sessão do descarrego me livrar de mim mesma, resolvi que valia a pena tentar alguma coisa mais radical para resolver esse problema.

Como eu sei que essas dietas de revista/tv/rádio/horóscopo não reasolvem NADA, decidi que vou ser radical: vou usar TODAS juntas! Ê!

Antes que me mandem parar de ser doida e me falem sobre um profissional chamado nu-tri-ci-o-nis-ta, eu gostaria de esclarecer uma coisa: eu tenho medo de consutório médico. Como eu já falei, nunca tive muita saúde, toda vez que me consultava, eu saia do consutório com mais doenças do que entrava, isso me fez ter medo de médico e da capacidade que eles tem de achar coisas que não estavam lá antes. Depois que cresci só vou a hospital/consultório/igreja se estiver morrendo. É sério isso. Nutricionista tem a ver com médico, então eu tenho medo de entrar lá querendo fazer um regime e sair de lá sabendo que preciso fazer um exame de próstata! Até galera que faz acumputura eu tenho medo, do jeito que sou sortuda, aquelas agulhinhas vão acabar entrando na minha corrente sanguínea.

Para quem está estagnada nos brilhantes 72 quilos, parar de comer besteira deve fazer algum bem a minha pessoa!Então, para essa primeira semana eu tinha me proposto parar de beber refrigerante, não comer nada frito, nem comer chocolate, tentar beber pelo menos 1,5l de água por dia e duas xícaras de chá verde por dia. E já no almoço, da segunda logo, eu acabei por já estragar o troço todo. De almoço eu comi um salgadinho e um refrigerante zero (que não sei o que é pior, o refri zero ou o normal), de lanche da tarde eu comi biscoito com recheio de chocolate. Fiquei com tanto peso na consciência que tento me apegar dizendo a mim mesma que a sobremesa do almoço foi um picolé de 52 calorias, com leite desnatado, uma opção muito ótima e tal. Que bela buest@!

Enfim, de exercício físico eu num vou fazer nada nessa semana. Ainda não tenho condições ($$$) de ir para a academia, e com esse tempo chuvoso ir caminhar na pracinha tá fora de cogitação. Exercício então só se for mental, e olhe lá.

sábado, 18 de junho de 2011

Caiu a ficha


Sabe quando cai a ficha? Poisé. Caiu a ficha para mim. Estou gorda. E olha, né paranoia não, é coisa séria! Estou dez quilos acima do meu peso. Sabe o que são dez quilos numa pessoa? É como se tivesse uma criança de 3 anos amarrada em mim!

Claro que eu sabia que estava engordando como um peru às vésperas do natal. Sabe, a gente sabe que tá comendo muito, que fica o dia em casa (estive quatro meses desempregada), que por qualquer besteira lá está você, de frente para a geladeira/armário/despensa/qualquécoisa, se perguntando o que vai devorar. Apesar dos sinais evidentes da catástrofe que está para acontecer, você resolve não se importar muito, que nem o peru deve fazer quando percebe que também está engordando ainda em novembro. Acontece que assim como o peru, a gente acha que dá tempo de resolver, fazer uma dieta, segunda feira eu começo, mês que vem entro para a academia, depois eu vejo. Depois, quando você finalmente vê, bem, tem um criança de 3 anos amarrada no seu corpo e o peru está sendo servido com farofa na ceia de natal.


Agora que eu desisti da idéia de ‘ficar em casa um tempo para me dedicar a minha monografia’, resolvi sair a luta, e arrumar um estágio/emprego, porquê olha, tava difícil ficar em casa direto. Olhei para o espelho e é meio chocante ver que parece que estou grávida de cinco meses. Nunca fui uma sílfide, mas me oferecer lugar para sentar no ônibus achando que eu tô grávida foi a gota dágua.

Resolvi mudar, resolvi emagrecer, fazer refeições direito, não comer porcaria, fazer exercício e virar a Gisele Bundchen. Claro, não é para tanto, má qué que custa tentá! ^__^

Uma mentira que nunca comprei foi a que essas revistas femininas vendem de uma dieta/regime/reeducaçãoalimentar/simpatia que faz te faz perder peso feliz, sem fome, disposta e ainda funciona a tempo do verão chegar e fazer bonito dentro do biquíni.

Olha, que loucura! Emagreci 45 kg em um mês com as cápsulas de baba de vaca!

Olha, qualquer coisa que me prive de chocolate, refrigerante, macarronada, e coisas gordurosas e açucaradas em geral me deixa de péssimo humor. Minha grande sorte foi a ótima criação que minha mãe me deu (beijograndemãe!) e me ensinou a adorar verduras, legumes e frutas. É nisso que eu vou me agarrar! Nisso e em três calças jeans que eu não entro mais!

É isso, pessoal, esse é mais um blog de beleza e emagrecimento, mas eu não vou enganar vocês, emagrecer é uma bost@!