Páginas

sábado, 18 de junho de 2011

Caiu a ficha


Sabe quando cai a ficha? Poisé. Caiu a ficha para mim. Estou gorda. E olha, né paranoia não, é coisa séria! Estou dez quilos acima do meu peso. Sabe o que são dez quilos numa pessoa? É como se tivesse uma criança de 3 anos amarrada em mim!

Claro que eu sabia que estava engordando como um peru às vésperas do natal. Sabe, a gente sabe que tá comendo muito, que fica o dia em casa (estive quatro meses desempregada), que por qualquer besteira lá está você, de frente para a geladeira/armário/despensa/qualquécoisa, se perguntando o que vai devorar. Apesar dos sinais evidentes da catástrofe que está para acontecer, você resolve não se importar muito, que nem o peru deve fazer quando percebe que também está engordando ainda em novembro. Acontece que assim como o peru, a gente acha que dá tempo de resolver, fazer uma dieta, segunda feira eu começo, mês que vem entro para a academia, depois eu vejo. Depois, quando você finalmente vê, bem, tem um criança de 3 anos amarrada no seu corpo e o peru está sendo servido com farofa na ceia de natal.


Agora que eu desisti da idéia de ‘ficar em casa um tempo para me dedicar a minha monografia’, resolvi sair a luta, e arrumar um estágio/emprego, porquê olha, tava difícil ficar em casa direto. Olhei para o espelho e é meio chocante ver que parece que estou grávida de cinco meses. Nunca fui uma sílfide, mas me oferecer lugar para sentar no ônibus achando que eu tô grávida foi a gota dágua.

Resolvi mudar, resolvi emagrecer, fazer refeições direito, não comer porcaria, fazer exercício e virar a Gisele Bundchen. Claro, não é para tanto, má qué que custa tentá! ^__^

Uma mentira que nunca comprei foi a que essas revistas femininas vendem de uma dieta/regime/reeducaçãoalimentar/simpatia que faz te faz perder peso feliz, sem fome, disposta e ainda funciona a tempo do verão chegar e fazer bonito dentro do biquíni.

Olha, que loucura! Emagreci 45 kg em um mês com as cápsulas de baba de vaca!

Olha, qualquer coisa que me prive de chocolate, refrigerante, macarronada, e coisas gordurosas e açucaradas em geral me deixa de péssimo humor. Minha grande sorte foi a ótima criação que minha mãe me deu (beijograndemãe!) e me ensinou a adorar verduras, legumes e frutas. É nisso que eu vou me agarrar! Nisso e em três calças jeans que eu não entro mais!

É isso, pessoal, esse é mais um blog de beleza e emagrecimento, mas eu não vou enganar vocês, emagrecer é uma bost@!

Nenhum comentário:

Postar um comentário