Páginas

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Começando os trabalhos

Vamos trabalhar? Ontem foi segunda feira, dia mundial da ressaca, da chateação e da dieta! Eu acho, pessoalmente, que essas três coisas tem tudo a ver, ressaca, tem a ver com dieta, porquê você tá tentando se recuperar de uma grande merda que você fez. E tanto ressaca, quanto dieta/regime/RA são coisas super chatas, porém é um castigo, serve de lição para que vc nunca se esqueça que comer demais faz mal ao corpo e beber demais faz mal a moral.

Enfim, preciso perder 10 quilos! Tenho que trabalhar para que isso aconteça, ficar esperando meu metabolismo zumbi acordar e trabalhar direito é a mesma coisa que esperar que o meu plano odontológico marque qualquer consulta para ainda esse mês. Como eu já falei antes, nunca fui uma sílfide, mas agora o meu drama se intensificou. Eu tinha leves e saltitantes 62kg, até que casei, saí do emprego e me metaforseei em uma criatura de barriga, culote e papinho! (Eu tenho papo, corre gente!)

Antes de mais nada, vou dizer pq eu preciso perder esse peso. Pq eu não me acho mais bonita. Ponto. Sempre ouço dizer que precisa perder peso para recuperar a saúde (nunca tive muita saúde mesmo, então nem ligo), pq precisa sair da depressão, para reconqusitar o marido/namorado/homemqualquer. Eu simplesmente e tão somente, não me acho mais bonita. Antes que venham me falar q isso é uma motivo supérfluo, q eu deveria estar me preocupando com causas maiores, que eu sou egoísta e sáscoisas, o fato de eu não me sentir bonita interfere em muito na minha vida. Não estar mais bonita (não sou tipo de modelo internacional, mas meu conceito de beleza não é comercial) interfere no simples fato de eu não estar me amando mais. Não se amar é coisa séria. Se vc não ama mais se marido/namorado/qualquécoisa, vc se separa dele. Se vc não se ama mais, como faz? Fica para sempre presa aquela pessoa que vc não ama, que é vc mesma, querendo se livrar daquele peso morto que é vc mesma, e querendo ter/ser outra pessoa? Isso é complexo, deve ser mais ou menos isso que alguém possuido por um fantasma deve sentir, sensação horrorosa! Enfim, antes que eu ache que eu sou um encosto em mim mesma e tenha que ir para a sessão do descarrego me livrar de mim mesma, resolvi que valia a pena tentar alguma coisa mais radical para resolver esse problema.

Como eu sei que essas dietas de revista/tv/rádio/horóscopo não reasolvem NADA, decidi que vou ser radical: vou usar TODAS juntas! Ê!

Antes que me mandem parar de ser doida e me falem sobre um profissional chamado nu-tri-ci-o-nis-ta, eu gostaria de esclarecer uma coisa: eu tenho medo de consutório médico. Como eu já falei, nunca tive muita saúde, toda vez que me consultava, eu saia do consutório com mais doenças do que entrava, isso me fez ter medo de médico e da capacidade que eles tem de achar coisas que não estavam lá antes. Depois que cresci só vou a hospital/consultório/igreja se estiver morrendo. É sério isso. Nutricionista tem a ver com médico, então eu tenho medo de entrar lá querendo fazer um regime e sair de lá sabendo que preciso fazer um exame de próstata! Até galera que faz acumputura eu tenho medo, do jeito que sou sortuda, aquelas agulhinhas vão acabar entrando na minha corrente sanguínea.

Para quem está estagnada nos brilhantes 72 quilos, parar de comer besteira deve fazer algum bem a minha pessoa!Então, para essa primeira semana eu tinha me proposto parar de beber refrigerante, não comer nada frito, nem comer chocolate, tentar beber pelo menos 1,5l de água por dia e duas xícaras de chá verde por dia. E já no almoço, da segunda logo, eu acabei por já estragar o troço todo. De almoço eu comi um salgadinho e um refrigerante zero (que não sei o que é pior, o refri zero ou o normal), de lanche da tarde eu comi biscoito com recheio de chocolate. Fiquei com tanto peso na consciência que tento me apegar dizendo a mim mesma que a sobremesa do almoço foi um picolé de 52 calorias, com leite desnatado, uma opção muito ótima e tal. Que bela buest@!

Enfim, de exercício físico eu num vou fazer nada nessa semana. Ainda não tenho condições ($$$) de ir para a academia, e com esse tempo chuvoso ir caminhar na pracinha tá fora de cogitação. Exercício então só se for mental, e olhe lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário